05/10/2017 | 09:39

SUPERVISÃO Projeto prevê profissionais de Educação Física nas academias ao ar livre em MT

Na prática, a proposta dá nova redação ao artigo 2º da Lei 9.474/2010, que estabelece regras para instalação de academias ao ar livre em Mato Grosso

 

 

A Comissão de Educação, Ciência, Tecnologia, Cultura e Desporto da Assembleia Legislativa aprovou projeto de lei que visa tornar obrigatória a supervisão de profissional de Educação Física nas academias ao ar livre em Mato Grosso. A proposta é de autoria do professor e deputado Allan Kardec (PT).

Com a aprovação nessa quarta-feira (4), a proposta seguirá para apreciação na Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJR) antes de ser encaminhada ao plenário. O projeto prevê a obrigatoriedade de pelo menos um profissional de Educação Física pela frequência mínima de três vezes por semana, preferencialmente no período matutino das 7h às 9h e vespertino das 17h às 19h ou nos horários de maior fluxo.

Na prática, a proposta dá nova redação ao artigo 2º da Lei 9.474/2010, que estabelece regras para instalação de academias ao ar livre em Mato Grosso. Ela prevê ainda que deverão ser afixadas placas informativas sobre a correta utilização dos aparelhos e idades adequadas para cada um, o que deve ser feito até 30 dias após a eventual publicação da lei.

“Como profissional de Educação Física, sei da importância das academias ao ar livre para a saúde das pessoas, como sei também do risco que pode ser a prática esportiva sem orientação adequada. Por isso, apresentei essa proposta”, afirma Allan, que também já realizou audiência pública para debater as políticas públicas de esporte e lazer em Mato Grosso.

A ideia ganha mais importância porque o governo anunciou recentemente a construção de pelo menos 100 academias ao ar livre em diversas cidades de Mato Grosso.

Além do projeto de Allan, a Comissão de Educação, Ciência, Tecnologia, Cultura e Desporto da Assembleia Legislativa aprovou projetos de outros parlamentares, como o de autoria do deputado Dilmar Dal Bosco (DEM) que cria regras para a prática da vaquejada no estado.

APOIO – A comissão também recebeu pedido de apoio para realização do Terceiro Congresso Internacional de Residência Docente. A Assembleia deverá ajudar com reserva do espaço, locomoção e divulgação do evento a ser realizado em 19 de novembro, em Cuiabá.

Os comentários estão encerrados.